Notícias

  • Mai

    07

    2020

PREFEITURA ATENDE MAIS UMA REIVINDICAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL

Mais uma das reivindicações apresentadas e protocoladas junto a Prefeitura pela Associação Comercial e Empresarial de Itapira (ACEI), em relação a crise causada pela pandemia, foi atendida e divulgada oficialmente no Decreto Municipal nº 093, de 05 de maio de 2020, que dispõe sobre a prorrogação de alvarás sanitários e de localização e funcionamento, tendo em vista a situação de emergência de saúde pública no âmbito do Município de Itapira em virtude da pandemia de doença infecciosa, viral, respiratória causada pelo agente coranavírus (Covid-19).

Outra reivindicação da ACEI, atendida pela administração pública, foi a isenção nas tarifas de água e esgoto concedida pelo SAAE, que foi aprovada pela Câmara Municipal de Itapira o Projeto de Lei (PL) que permite a concessão de descontos e isenção nas tarifas de água e esgoto, nos meses de abril e maio, para as categorias domiciliar, comercial e industrial, que vão de 10% a 30% de acordo com a faixa de consumo.

Desde a primeira reunião, no dia 16 de março, realizada pela Secretaria de Saúde Municipal sobre o Plano de Contingência para o coronavírus Covid-19, a diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Itapira (ACEI), participou como representante legítima do setor comercial e industrial do município.

O objetivo foi acompanhar todos o processo de medidas para conter a propagação do vírus e levar aos associados as informações necessárias para o enfrentamento da pandemia na cidade. A ACEI acompanhou e levou à Administração Municipal, as preocupações e dúvidas do setor econômico local.

A entidade sempre apoiou e apoia as medidas decretadas pelos órgãos públicos de saúde, orientando ao cumprimento dos decretos para evitar problemas aos associados e colaborarem na luta contra o vírus. Mas ciente dos graves problemas financeiros que estão afetando a economia da cidade, se posicionou e levou reivindicações à administração pública, solicitando medidas emergenciais para minimizar os prejuízos. Como também, cobrando a volta responsável, mais breve possível, do comércio em geral para a retomada das atividades econômicas do município.   

 Departamento de Comunicação da ACEI.